A nossa proposta pedagógica

24 de novembro de 2021

A proposta pedagógica da Open Learning School passa pela formação de pessoas e cidadãos cada vez mais cultos, autónomos, responsáveis e democraticamente comprometidos na construção de uma sociedade que potenciem a afirmação das mais nobres e elevadas qualidades de cada ser humano.

Para a Open Learning School, a escola é uma formação social em interação com o meio envolvente e outras formações sociais na qual, permanentemente, convergem processos de mudança desejada e refletida.

A intencionalidade educativa da Proposta Pedagógica inclui práticas organizacionais e relacionais da Escola que refletirão também os valores que inspiraram e orientaram o Projeto da Open Learning School. 

A Open Learning School reconhece aos pais o direito absoluto de escolha do projeto educativo que considerem mais apropriado à formação dos seus filhos e, simultaneamente, coloca-se no direito de propor, à sociedade e aos pais interessados, o projeto educativo que julgue mais adequado à formação integral dos seus educandos.

A Proposta Pedagógica, sendo uma referência para quem procura determinados princípios e objetivos educacionais, delimita e orienta a intervenção de todos os agentes e parceiros na vida da Escola e define o posicionamento desta face à administração educativa.

O Currículo

Como cada ser humano é único, a experiência na escola, a aprendizagem e o trajeto de desenvolvimento de cada criança são também únicos. Tendo em conta os princípios do projeto, o facto de o seu filho estar em permanente desenvolvimento deve ser valorizado.

As necessidades individuais de cada criança são atendidas de forma particular, uma vez que as características específicas de cada um implicam diferentes formas de assimilação da realidade. Por isso mesmo, toda a criança tem necessidades educativas específicas, manifestando-se em diferentes formas de aprendizagem sociais e cognitivas.

Por tudo isto, garantimos sempre que: 

  • Prestamos atenção ao educando tal qual ele é
  • Reconhecemos o que o torna único, recebendo-o na sua complexidade
  • Descobrimos e valorizamos a cultura de que é portador
  • Ajudamo-lo a descobrir-se e a ser ele próprio na interação com os outros

 

Estas são as atitudes educativas que incentivam a necessidade e o desejo de aprender.

Tanto a nível individual como social, o percurso de cada educando pressupõe um conhecimento cada vez mais aprofundado de si mesmo e o relacionamento solidário com os outros. O percurso educativo de cada criança pressupõe a apropriação individual (subjetiva) do currículo, sendo esta  avaliada pelos tutores, pelos pais e por ela própria.

Na Open Learning School, definimos como currículo o conjunto de atitudes e competências que, ao longo do percurso escolar da criança, e de acordo com as suas potencialidades e interesses, esta deverá adquirir e desenvolver. O conceito de currículo é entendido numa dupla dimensão:

Currículo interior ou subjetivo

É um percurso (único) de desenvolvimento pessoal. Só o currículo subjetivo (o conjunto de aquisições de cada educando) está em condições de validar a pertinência do currículo objetivo.

Currículo Objetivo

É a referência de aprendizagem: orienta o processo e realização pessoal que decorre da Proposta Pedagógica da Open Learning School em consonância com desenvolvimento afetivo e emocional da criança, bem como o desenvolvimento de atitudes relativas ao quadro de valores do projeto pedagógico.

Desta forma, o seu filho vai construindo o seu currículo de acordo com a evolução da sua aprendizagem, sendo esta registada e avaliada na plataforma de aprendizagem. Todos os tutores terão acesso a todos os registos, bem como a família.

Como avaliamos

Na Open Learning School a avaliação é formativa, contínua e sistemática como processo regulador da aprendizagem, orientando construtivamente o percurso escolar de cada educando. Permite-lhe ainda, em cada momento, tomar consciência do que já sabe e do que já é capaz.

Acompanhamos o percurso do seu filho na construção do seu projeto de vida, gerimos o seu percurso de aprendizagem na construção de seu Currículo Subjetivo e também a progressiva consolidação de todas as atitudes que definem o perfil do indivíduo desenhado e ambicionado pelo nosso projeto educativo.

A avaliação do desempenho escolar é compreendida como um mecanismo de diagnóstico das possibilidades do educando que orienta os próximos passos do processo educativo, tendo também um caráter formador. É um processo contínuo, dinâmico e cumulativo, com prevalência dos aspectos de qualidade sobre os de quantidade. 

Além da dimensão cognitiva, o desenvolvimento da afetividade, da socialização, do autoconhecimento, da autoestima, da criatividade, da ética e da autonomia constituem parte essencial da formação do educando e do processo avaliativo.

O portfólio com as evidências de aprendizagem da criança será devidamente registado no sistema informatizado para que pais, crianças e tutores possam ir acompanhando a sua evolução. Além de conter o trajeto curricular do educando, também são anotadas as intervenções necessárias para ajudar a criança, tanto em relação aos aspetos cognitivos como em relação aos aspetos emocionais e atitudes.

O seu filho terá encontros semanais com seu tutor. Aqui, ele mostra ao tutor tudo o que produziu e, oralmente ou por registo, explica o que aprendeu, tira dúvidas e recebe novas orientações para a continuidade do seu processo de aprendizagem.

Todos os dias, quando chega à escola, o seu filho faz o planeamento do seu dia. Dependendo do seu nível de autonomia, poderá fazê-lo sozinho e depois mostrar ao tutor para que este faça as intervenções necessárias, ou em conjunto com o tutor. O planeamento do dia tem, como base de referência para a sua elaboração, o roteiro de estudos quinzenal.

O tutor terá encontros individuais com a família sempre que sentir necessidade de comunicar a evolução do educando. Quando a família sente a necessidade de entender melhor sobre a aprendizagem da criança, pode também agendar os encontros que achar necessários.

Tutoria

Cabe a um tutor o acompanhamento permanente e individualizado do percurso curricular de cada educando. Este será designado pelo Conselho de Escola, entre os educadores da Escola.

Os educadores de cada espaço de aprendizagem também são responsáveis pelo desenvolvimento e aprendizagem de cada educando. Os educadores guiam-se pelo planeamento do dia de cada criança, elaborado a partir do roteiro de estudos.

Assembleia Escolar 

A Assembleia Escolar representa os estudantes da escola. O seu maior objetivo é unir e movimentar os estudantes para a discussão dos seus direitos e deveres, debatendo assuntos diversos sobre a escola, comunidade e sociedade.

Esta permite que os educandos discutam, criem e fortaleçam inúmeras possibilidades de ação, tanto no próprio ambiente escolar como na comunidade local. É também um importante espaço de aprendizagem, cidadania, convivência, responsabilidade e de luta por direitos.

Objetivos da Assembleia Escolar

É importante deixar claro que um dos principais objetivos da assembleia escolar é o de contribuir para aumentar a participação das crianças nas atividades da escola, organizando campeonatos, palestras, projetos e discussões através da formação de Grupos de Responsabilidade (eleitos em conjunto e com o objetivo de resolver problemas), fazendo com que eles tenham voz ativa e participem – junto com pais, funcionários, tutores, coordenadores e diretores – na programação e na construção das regras dentro da escola.

Na Open Learning School, enquanto dispositivo de intervenção direta, a Assembleia Escolar é a estrutura de organização educativa que proporciona e garante a participação democrática dos educandos na tomada de decisões por consenso, que respeitam à organização e funcionamento da Escola. Desta forma, as crianças da Open Learning School exercitam a sua cidadania e desenvolvem a sua autonomia.

Posts Relacionados

A importância da educação

A educação é um processo fundamental para o desenvolvimento humano e para a construção de sociedades justas e inclusivas. As Escolas devem ter em si a responsabilidade de mais do que  transmitir conhecimentos, habilidades e valores que possibilitam a cada um de nós compreendamos o mundo, mas devem ser também

Quais os desafios da educação em Portugal e no mundo

A educação enfrenta nos dias de hoje diversos desafios. Não só em Portugal, mas em todo o mundo. No nosso entender alguns dos principais são:  Pouca qualidade do ensino: em alguns países, a qualidade do ensino é bastante variável, com algumas escolas oferecendo um ensino de alta qualidade e outras

A Educação em Portugal ao longo do tempo

A educação em Portugal tem passado por diversas mudanças ao longo da sua história. Desde o período pré-histórico, quando o conhecimento era transmitido de forma oral de geração em geração, até a atualidade, em que a tecnologia tem um papel fundamental na educação. No século XII, com a chegada dos